São Paulo – Entre as conquistas dos empregados da Caixa Federal após os 15 dias de forte greve nacional está o aumento real nos salários.

Foi assegurado o aumento de 7,5% para todos e sem o teto da Fenaban e a aplicação de um delta. Será agregado também R$ 39 às referências no novo Plano de Cargos e Salários. Em todas as gratificações foi aplicado o índice de 7,5%, havendo também correção no piso dos cargos. O piso da referência 201 foi reajustado em 10,19%, passando a valer R$ 1.600.

> Veja tabelas do PFG e do PCS de 2008

Crédito – A Caixa creditará na sexta 29, como antecipação, o pagamento da regra básica e da parcela adicional da PLR, bem como a metade da PLR Social.
Para a regra básica da Fenaban, cada empregado terá um crédito de 90% da remuneração-base mais a parcela de R$ 1.100,80, deduzindo-se do total apurado o redutor de 35%.

O pagamento deste mês refere-se a uma antecipação baseada num lucro anual estimado pela empresa. Segundo o Dieese, esta estimativa é conservadora. O valor final da PLR será conhecido depois de apurado o lucro anual e deve ser pago até 3 de março de 2011.

O adicional corresponde à distribuição linear de 2% do lucro líquido até o limite de R$ 2.400. Diante da projeção do lucro, cada empregado receberá cerca de R$ 620.

A PLR Social corresponde à distribuição de 4% do lucro líquido com distribuição linear. Na sexta 29 será antecipada 50% da conquista, aproximadamente R$ 620.

(Bancários SP)

Anúncios