São Paulo – Os bancários começam a receber nos próximos dias os frutos da conquista da categoria na Campanha Nacional Unificada 2010. A Convenção Coletiva de Trabalho 2010/2011 foi assinada nessa quarta-feira 20, pelo Sindicato e pela federação dos bancos (Fenaban).

> Leia a íntegra da Convenção Coletiva de Trabalho
> Leia a íntegra do Convenção Coletiva de Trabalho sobre a PLR
 
“Os bancários saíram de uma dura campanha, com 15 dias de greve, com um acordo histórico, que prevê um dos melhores aumentos reais dos últimos anos (3,08%), valorização do piso em 16,33%, reajuste no valor adicional da PLR de 14,28%”, destaca a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira.

A antecipação da PLR será paga em até dez dias corridos a partir dessa quarta-feira. O Bradesco se comprometeu a pagar no dia 28 e o Itaú Unibanco no dia 29. O crédito será de 60% da regra básica, que corresponde a 54% do salário mais R$ 660,48, com teto de R$ 4.308,60, mais a primeira parcela do adicional, de até R$ 1.200. O restante vem até março de 2011. Ao final do processo, os maiores bancos privados, exceto o HSBC, vão pagar a PLR “cheia”, de 2,2 salários, mais os R$ 2.400 do valor adicional total. “O lucro dos bancos cresceu e o montante distribuído aos bancários também aumentou: com a luta dos trabalhadores e Sindicato juntos, conseguimos avançar mais este ano”, comemora Juvandia.

As demais diferenças salariais, dos vales e auxílios serão pagas na folha de novembro.

(Bancários SP)

Anúncios