Segundo publicado no site da Folha de S. Paulo na manhã deta sexta-feira (22/10), aumenta de 18 para 23 pontos a vantagem de Agnelo Queiroz (PT) sobre Wealian Roriz (PSC) na corrida pelo Palácio do Buriti. As informações foram obtidas por meio da pesquisa do Instituto Datafolha, realizada entre quarta (20/10) e quinta-feira (21/10).

O petista tem 54% das intenções de voto, contra 31% da adversária. Brancos e nulos correspondem a 8% e 7% dos eleitores estão indecisos. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O últimos dados levantados pelo instituto, divulgados na última segunda (18/10), apontavam Agnelo com 53%, e Weslian com 35%. Se apenas os votos válidos fossem considerados – sem os núlos, brancos e indecisos – o aspirante ao Governo do Distrito Federal (GDF) pelo PT teria 64% das intenções, contra 36% da concorrente.

A melhora de Agnelo se deu com os mais jovens, mais e menos escolarizados e mais ricos. No entanto, entre os mais pobres, o petista caiu, assim como Weslian. Para tanto, o número de indecisos aumentou.

Entre os eleitores de Agnelo, 88% conhecem o número do candidato. Já entre aqueles que pretendem votar em Weslian, 92% sabem a numeração.

A pesquisa foi feita nos dias 20 e 21 com 1.115 entrevistados. O levantamento está registrado no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Distrito Federal com o número 37.880/2010.

(Correio Brasiliense)