Durante assembleia realizada na noite desta quarta-feira (13), representantes de funcionários de bancos privados do Ceará e da Caixa Econômica Federal (CEF) decidiram aceitar a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e encerrar a greve da categoria.  Contudo, Banco do Brasil (BB) e Banco do Nordeste (BNB) mantém a paralisação.

A greve foi iniciada no dia 29 de agosto. Os bancários pediam reajuste salarial de 11%, valorização dos pisos salariais, maior participação nos lucros e resultados (PLR), medidas para proteger o emprego, como garantias contra demissões imotivadas, reversão das terceirizações e fim da precarização dos correspondentes bancários, entre outros pontos. 


Proposta da Fenanban
Na segunda-feira (11), a Fenaban apresentou proposta de reajuste de 7,5%, com aumento real de 3,08%, para os que ganham até R$ 5.250. Para os bancários com salário maior do que isso, a proposta prevê uma parcela fixa de R$ 393,75 ou correção de 4,29% de acordo com a inflação.

Veja os resultados das assembleias que já terminaram até as 21h50:

Sindicato Fenaban BB Caixa
São Paulo Aprovou Aprovou Aprovou
Rio de Janeiro Aprovou Aprovou Rejeitou
Brasília Aprovou Aprovou Aprovou
Belo Horizonte Aprovou Aprovou Aprovou
Curitiba Aprovou Em Andamento Aprovou
Pernambuco Aprovou Rejeitou Aprovou
Bahia Aprovou Aprovou Rejeitou
Porto Alegre Aprovou Rejeitou Rejeitou
Ceará Aprovou Rejeitou Aprovou
Pará e Amapá Aprovou Aprovou Rejeitou
Campinas (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
ABC (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Alagoas Aprovou Aprovou Aprovou
Piauí Aprovou Aprovou Aprovou
Campo Grande Aprovou Aprovou Aprovou
Rondônia Aprovou Aprovou Aprovou
Acre Aprovou Aprovou Aprovou
Roraima Aprovou Aprovou Aprovou
Maranhão Rejeitou Rejeitou Rejeitou
Londrina (PR) Aprovou Aprovou Aprovou
Juiz de Fora (MG) Aprovou Aprovou Aprovou
Vitória da Conquista (BA) Aprovou Rejeitou Rejeitou
Campina Grande (PB) Aprovou Aprovou Aprovou
Guarulhos (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Niterói (RJ) Aprovou Aprovou Aprovou
Alegrete (RS) Aprovou Aprovou Aprovou
Angra dos Reis (RJ) Aprovou Aprovou Aprovou
Blumenau (SC) Aprovou Aprovou Aprovou
Bragança Paulista (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Campos dos Goytacazes (RJ) Aprovou Aprovou Aprovou
Criciúma (SC) Aprovou Aprovou Aprovou
Extremo Sul da Bahia Aprovou Aprovou Aprovou
Itaperuna (RJ) Aprovou Aprovou Aprovou
Jundiaí (SP) Aprovou Aprovou Rejeitou
Nova Friburgo (RJ) Aprovou Aprovou Aprovou
Sul Fluminense (RJ) Aprovou Aprovou Aprovou
Teresópolis (RJ) Aprovou Aprovou Aprovou
Toledo (PR) Aprovou Aprovou Aprovou
Três Rios (RJ) Aprovou Rejeitou Rejeitou
Assis (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Santo Ângelo (RS) Aprovou Aprovou Rejeitou
Taubaté (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Jaú (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Araçatuba (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Naviraí (MS) Aprovou Aprovou Aprovou
Marília (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Patos de Minas (MG) Aprovou Aprovou Aprovou
Ribeirão Preto (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Presidente Venceslau (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Teófilo Otoni (MG) Aprovou Aprovou Aprovou
Três Lagoas (MS) Aprovou Aprovou Aprovou
Votuporanga (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Araraquara (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Bauru (SP) Rejeitou Rejeitou Rejeitou
Catanduva (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Dourados (MS) Aprovou Aprovou Aprovou
Feira de Santana (BA) Aprovou Aprovou Aprovou
Franca (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Guaratinguetá (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Irecê (BA) Aprovou Aprovou Aprovou
Limeira (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Mogi das Cruzes (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Presidente Prudente (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
São José do Rio Preto (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Sorocaba (SP) Aprovou Aprovou Aprovou
Vale do Ribeira (SP) Aprovou Aprovou Aprovou

Fonte: Contraf-CUT

Anúncios