RIO – Funcionários dos bancos privados e do Banco do Brasil do Rio de Janeiro aprovaram às 20h desta quarta-feira o fim da greve, que dura 14 dias, já para amanhã. Em assembleia nesta noite no Sindicato dos Bancários do Rio, a categoria aceitou a proposta oferecida pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), de reajuste de 7,5% para quem ganha até R$ 5.250, entre outras itens.

Os votos sobre a situação da Caixa Econômica Federal ainda estão sendo contados.

(O Globo)

Anúncios