Rennan Setti, O Globo

A greve dos bancários chegou hoje ao terceiro dia com o fechamento de 6.215 agências em todo o país, conforme informações repassadas por sindicatos à Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf).

Esse número corresponde a 31,3% das 19.800 existentes e mostra que a adesão ao movimento está crescendo. Nesta quinta, foram 4.895 agências fechadas.

No Rio, a adesão foi ainda maior: 74,94% (ou 697 das 930) das agências não funcionaram. O mesmo panorama registrado na quinta.

Mas o sindicato dos bancários do município diz ter conseguido a adesão dos funcionários de dois prédios administrativos, um do Itaú Unibanco e outro da Caixa Econômica Federal, elevando o número de bancários de braços cruzados para 18.300 – 2.550 mais que na quinta.

As filas dos caixas eletrônicos das agências ficaram longas durante todo o dia. Muitos correntistas reclamaram do número de máquinas desligadas.

A greve também ajudou a engrossar as filas nas casas lotéricas, já cheias por causa da Mega-Sena acumulada.

Anúncios