Quase 200 lotes de bens vão ser leiloados pela justiça do trabalho para pagar dívidas trabalhistas. Até o final do ano vão ser realizados 3 leilões. O primeiro deles acontece nessa quarta-feira (22); até imóveis podem ser arrematados.

Bens leiloados
O depósito da empresa contratada para organizar o leilão do TRT está lotado. Tudo foi apreendido em processos judiciais. São móveis, equipamentos industriais, de musculação, material de construção, 32 carros e 17 imóveis. Entre eles, um apartamento em Caucaia, com lance mínimo de R$42.500; e também um posto de combustível, na avenida Mister Hull, avaliado em 2 milhões e 700 mil reais, mas que poderá ser vendido por até um 1 milhão e 400 mi reais.

O dinheiro arrecadado vai servir para o pagamento de pessoas que ganharam causas na justiça por causa de dívidas relacionadas à questões trabalhistas. Os bens que estão sendo oferecidos foram avaliados em mais de 5 milhões de reais.

Quem arrematar um bem tem a opção de compra a vista ou um sinal de 20%, com o restante pago 24 horas depois. Já para os imóveis, se o lance atingir o valor de avaliação, ele poderá ser pago em até 12 vezes, com entrada de 30% do valor.

Como participar
Para dar um lance em qualquer um desses bens, basta ser maior de idade e apresentar CPF e um documento de identificação. O leilão começa às 9h e os lances podem ser dados tanto pessoalmente quanto pela internet.

O juiz coordenador dos leilões explica que o leilão começa com o valor de avaliação de cada lote, mas se nenhum lance for dado, o valor cai. A compra pode ser feita até pela metade do preço.

Serviço
O leilão será realizado na rua Duarte Coelho, 399-b, em Messejana. O segundo leilão ocorre no dia 28/09/2010 e o terceiro no dia 24/11/09.

(Portal Verdes Mares)

Anúncios