Pesquisa do Instituto Methodus encomendada pelo jornal Correio do Povo no Rio Grande do Sul e divulgada nesta quarta (15) mostra aumento da vantagem do petista Tarso Genro na disputa pelo governo do Estado.


No levantamento, Genro tem 42,5% das intenções de voto. Em segundo lugar está José Fogaça (PMDB), com 26,1%. Em terceiro, a governadora Yeda Crusius (PSDB), candidata à reeleição, com 17,8%. Pedro Ruas (Psol) aparece com 1,2%. Os demais candidatos não alcançaram 1% cada. Brancos e nulos somam 3,3% e indecisos 6,8%. No levantamento anterior do Methodus, divulgado na metade de agosto, Genro tinha 37,9% e Fogaça 29%.

Em relação a corrida presidencial, a pesquisa é mais uma a indicar a mudança na preferência dos gaúchos. Pelo levantamento, Dilma Rousseff (PT) tem 40,8% das intenções de votos. José Serra (PSDB) aparece com 35,7% e Marina Silva (PV) com 10,8%. Os demais candidatos não alcançaram 1% cada. Brancos e nulos totalizam 4,7% e, indecisos, 7,2%. No primeiro levantamento feito pelo Methodus, na metade de agosto, Dilma aparecia com 34,4% e Serra com 46%.

Na pesquisa os eleitores também avaliaram as gestões do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e da governadora Yeda Crusius (PSDB). Em relação ao governo federal, 69,2% dos entrevistados o consideraram como bom ou ótimo, 23,8% como regular e 7,1% como ruim ou péssimo. No caso de Yeda, 25,9% apontaram o governo como bom ou ótimo, 32% como regular e 42,2% como ruim ou péssimo. Em uma escala de zero a 10, a governadora atingiu uma nota média de 4,82%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 11 e 13 de setembro com 1.200 entrevistados e tem margem de erro de 2,8 pontos percentuais. Ela está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 47171/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 30148/2010.

(Portal Terra)

Anúncios