A candidata do PT à presidência, Dilma Rousseff, continua ampliando sua vantagem sobre José Serra (PSDB) no Ceará, segundo a terceira pesquisa O POVO/Datafolha. Na consulta estimulada, a petista aparece agora com 65% dos votos válidos, enquanto 13% das intenções são destinados ao tucano, o que representa uma diferença de 52 pontos entre os dois. Já a candidata do PV, Marina Silva, oscilou três pontos para mais e chegou a 8%.


Zé Maria (PSTU), Ivan Pinheiro (PCB), Plínio de Arruda (Psol) e Levy Fidélix (PRTB) foram citados, mas não atingiram 1%. Rui Costa Pimenta (PCO) e José Maria Eymael (PSDC) não foram citados. 12% do eleitorado cearense ainda não sabem em quem votar.

No Ceará, a vantagem de Dilma sobre os demais postulantes ao Planalto tem sido ampliada desde a primeira pesquisa, divulgada em julho. À época, ela contava com 42% das intenções de voto, enquanto Serra chegava a 28% e Marina, a 8%. Em agosto, logo após o início do horário eleitoral de rádio e TV, a segunda pesquisa já apresentava a petista com 63%; já o percentual de Serra caía para 16% e o de Marina, para 5%.

No cenário nacional, Dilma aparece com 50% dos votos válidos na consulta estimulada, contra 27% de Serra e 11% de Marina. Os dados são da pesquisa Datafolha divulgada na última sexta-feira (10). A vantagem da petista cresceu, principalmente, na Bahia e Pernambuco, estados onde Serra caiu.


Segundo turno

Em um possível segundo turno entre Dilma e Serra, a ex-ministra obteria 71% dos votos válidos contra 19% do ex-governador. 7% ainda estão indecisos. Os percentuais de Dilma e Serra eram, respectivamente, de 49% 37% na primeira pesquisa e, na segunda, passaram a 69% e 21%.

A pesquisa O POVO/Datafolha foi realizada no Ceará, nos dias 9 e 10 de setembro, com 927 eleitores de 41 municípios cearenses. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no TRE-CE com o número 52908/2010 e no TSE com o número 2921/2010.

Rejeição

Na pesquisa O POVO/Datafolha, Serra é o candidato com maior índice de rejeição no Ceará: 44% do eleitorado cearense diz não votar no tucano de jeito nenhum. Em seguida, vem Eymael, com 22% de rejeição entre os eleitores. Na sequência, aparece Marina (21%) e Zé Maria (20%). Plínio, Levy e Rui Costa são rejeitados por 19% do eleitorado e Ivan Pinheiro, por 18%. O menor índice de rejeição é o de Dilma, de 11%.

ESPONTÂNEA

A pesquisa O POVO/ Datafolha ainda apresenta os dados da pesquisa espontânea, em que o entrevistado não tem acesso ao nome dos candidatos. Nela, Dilma Rousseff aparece com 51% dos votos válidos, número maior do que o percentual da candidata na primeira pesquisa (22%) e na segunda (45%) realizada pelo instituto.

Os dados espontâneos atuais apontam José Serra com 9%, percentual próximo ao apresentado pelo candidato na primeira pesquisa (10%) e idêntico ao da segunda (9%).

Já Marina Silva tem, hoje, 5% das intenções de voto na pesquisa estimulada. Nas duas sondagens anteriores, seu percentual era de 2%.

Até o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é citado na pesquisa espontânea. 2% dizem votar no candidato apoiado por ele, enquanto 1% diz votar no próprio. Outros 26% ainda não sabem em quem votar.

E-Mais

CAPITAL / INTERIOR
Se apenas os municípios do interior cearense fossem contabilizados pela pesquisa O POVO/Datafolha, o percentual de Dilma Rousseff seria ainda mais alto do que os índices de todo o Ceará. No interior, a petista aparece com 69% dos votos válidos. Já em Fortaleza e Região Metropolitana, seu percentual cai 12 pontos, atingindo 57%.

O percentual de José Serra é praticamente o mesmo no interior (14%) e na capital e Região Metropolitana (12%).

Assim como Dilma, Marina Silva também apresentou grande discrepância entre os dois valores, mas no sentido inverso: na capital, ela chega a 14%. No interior, atinge 4%..

Na estimulada, o número de indecisos é de 14% no interior. Na capital, cai para 9%.

(O Povo Online)