Uma quadrilha, formada por cerca de 20 homens invadiu a cidade de Milhã, no Sertão Central, no início da madrugada desta segunda-feira (13), rendeu os quatro policiais do Destacamento da Polícia Militar local e tentou arrombar os caixas eletrônicos e o cofre da agência do Banco do Brasil (BB).

Um dos policiais militares foi levado como refém até a frente da agência. Os bandidos, armados com fuzis, escopetas e metralhadoras, destruíram a vidraça do banco. Com maçaricos, furadeiras e outros equipamentos, os assaltantes tentaram arrombar os caixas e o crofre, mas não conseguiram.

Com medo de que algum habitante já tivesse chamado a Polícia, os bandidos saíram e deixaram a cidade, liberando os reféns pouco tempo depois. Além do policial militar, os ladrões renderam dois funcionários da Coelce e roubaram o carro da empresa.

Parte dos bandidos colocou pneus na estrada que dá acesso à cidade, para impedir a chegada de reforço. Neste momento, policiais militares das companhias de cidades vizinhas estão à procura dos asaltantes. O certo é que eles saíram de Milhã sem levar o dinheiro da agência do BB. A ação criminosa durou cerca de 50 minutos.

(Jangadeiro Online)