O Ministério Público Eleitoral está analisando, desde ontem, a iniciativa de a campanha de Marina Silva premiar com uma viagem ao Tocantins o internauta que produzir o vídeo mais acessado de apoio à candidata do PV.

A promoção foi uma iniciativa do cineasta Fernando Meirelles e o prêmio é acompanhar as filmagens do filme Xingu, dirigido por Cao Hamburger.

Até o dia 6, a ação estava sendo feita apenas no site Movimento Marina Silva. Mas desde o dia 7, entrou no site de campanha Minha Marina.

O risco é o PV ter cometido o mesmo erro do candidato ao Senado pelo PCdoB paulista, Netinho de Paula, com a promessa de dar prêmios a quem vencesse um quiz postado em seu site.

A investigação é do próprio MP, mesmo sem reclamação de nenhum partido adversário ao PV. A punição, se confirmado crime eleitoral, vai de multa a cassação da candidatura.

(Poder Ig)