O vereador Acrísio Sena (PT) confirmou, ontem, da tribuna da Câmara Municipal que a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, e o Presidente Lula virão à Capital cearense no próximo dia 15. Os dois petistas, no entanto, não chegam juntos a Fortaleza porque Lula tem agenda institucional no Ceará.

Dilma Rousseff chega somente no fim da tarde de quarta-feira, dia 15, para participar de um comício na Capital, ainda sem local definido, segundo Acrísio Sena. Já o presidente Lula chega mais cedo. Ele terá uma agenda institucional no Ceará, eventos que a Presidência da República ainda não havia confirmado até a tarde de ontem.

De acordo com Acrísio, o Presidente Lula deverá inaugurar uma sede do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) no Interior e poderá fazer uma visita ao Maranguapinho.

No entanto, depois de participar dos eventos como Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva vai dar apoio a candidata do PT, nome que ele está apadrinhando, no comício de Dilma Rousseff em Fortaleza.

Assessores do governador Cid Gomes admite que o local do comício deverá ser o mesmo que Lula fez, em 2006, na Avenida Leste Oeste. Acrísio informou que a coordenação da campanha ainda não definiu onde será feito o comício, mas disse que uma reunião vai acontecer nos próximos dias para tratar da preparação do evento.

Plenário

No plenário da Câmara, quando foi fazer o anúncio da visita da candidata Dilma Rousseff ao Ceará, Acrísio Sena chegou a ser repreendido pelo vereador de oposição, João Alfredo (PSOL). Ele reclamou da postura de Acrísio e disse que o petista estava fazendo propaganda eleitoral para a candidata de sua legenda, o que não é permitido na tribuna da Câmara, na hora da sessão ordinária.

(Diário do Nordeste)

Anúncios