Ivete Sangalo tem duas barreiras para se tornar uma estrela da grandeza de Beyoncé, Madonna ou Shakira: a língua e o ritmo. A afirmação é do “New York Times”, que publicou uma reportagem sobre o show de Ivete no Maddison Square Garden, em Nova York, onde reuniu 15 mil pessoas. O jornal  afirmou que a cantora é “incansável em cima do palco”.
Segundo o “NYT”, principal jornal americano, “não será fácil para Sangalo expandir seu território” para se tornar uma “pop star reconhecida internacionalmente”.

O diário aponta o fato de Ivete cantar em português e o ritmo de suas músicas, que só brasileiros conseguiriam acompanhar. “Pode ser mais difícil de públicos internacionais assimilarem [Ivete] do que Beyoncé ou Shakira”, diz o texto, que afirma que se encaixar num gosto mais “global” sem perder a identidade de sua música é o grande dilema para Ivete.

O diário local “New York Post” chamou a apresentação de Ivete de “eletrizante” e disse que a cantora esteve “fantástica” no show. “Ivete parece uma rainha brarsileira”, disse o jornal, que afirmou ainda que o show levou o carnaval brasileiro para Nova York.

(Ego – Globo.com)