Os ônibus estão circulando normalmente na Capital nesta sexta-feira, 13, tanto nos terminais de integração como nas ruas da cidade. Nesta quinta-feira, motoristas e cobradores deram início a uma paralisação, prometendo cota mínima de 30%, como manda a lei de greve. A Etufor informou que continuará reforçando a segurança nos terminais para evitar quebra-quebra ou maiores complicações para os usuários.

Os passageiros, no entanto, vivem a apreensão de ser deixado na rua como ocorreu nessa quinta-feira. Muita gente apelou para a carona amiga, enquanto algumas empresas adotam esquema especial de transporte para não ter tantos prejuízos.

A Justiça do Trabalho deverá julgar o dissídio coletivo só na próxima terça-feira. O Tribunal Regional do Trabalho – 7ª Região definiu a greve dos motoristas e cobradores como abusiva. Com a greve considerada abusiva, segundo o advogado do Sindiônibus, Cleto Gomes, as empresas poderão agora demitir.

A categoria quer 15% de reajuste, enquanto os empresários oferecem 5,5%.

(O Povo Online)