Em agosto de 2011, inaugura-se o Centro de Eventos do Ceará (CEC). Pelo menos é o que afirma o secretário de Turismo do Estado, Bismarck Maia. Ele já planeja negociar eventos já para o mês da inauguração, uma vez que as obras estão avançadas: 42% do Centro já estão prontos, com os esforços de 1.008 homens.

O Centro de Eventos está orçado em R$ 306.311.192,57 milhões. O CEC está sendo construído pelo consórcio das construtoras Galvão Engenharia S/A e Andrade Mendonça S/A e, de acordo com Bismarck Maia, está tudo dentro do cronograma, mas a negociação para eventos em agosto de 2011 será feita com calma.

“Sempre podem surgir discussões que retardam as obras. Em pauta agora temos a matriz energética que vai abastecer o Centro. Pode ser a gás, a que vem pela corrente elétrica comum ou alternativa”, pontua o secretário. Em andamento, também estão as compras de equipamentos como aparelhos de ar-condicionado, divisórias e escadas-rolantes, que serão instalados logo que se finalize a infraestrutura.

A ênfase agora, no entanto, é na instalação das vias auxiliares temporárias para que seja iniciada a construção dos quatro túneis de acesso ao Centro pela avenida Washington Soares. Um dos túneis se desdobra em dois.

O primeiro trecho da avenida a ser interditado será o do sentido Messejana-Cocó e terá desvio (da mesma largura da via principal) para dentro dos estacionamentos do CEC e parcela do Shopping Salinas. Depois de pronto, será interditado o sentido contrário.

“A interdição está prevista para os próximos dias. Estamos só negociando com a AMC e Detran (órgãos responsáveis pelo trânsito)”. Os túneis devem ficar prontos em 14 meses, contados a partir de agosto, mas a ideia é acelerar a obra para inaugurá-la junto com o Centro.

Entorno  –  Se pode comportar vários eventos simultâneos e até 30 mil pessoas, quatro túneis não vão resolver o problema do fluxo de carros que o empreendimento vai gerar na região, que já é grande (há picos de até dois mil carros por hora, segundo a CTAFOR-AMC).

 Por isso o entorno também passará por obras. “Serão alargadas as ruas laterais ao Centro e o trecho da Washington Soares que vai da avenida Rogaciano Leite até o viaduto”, garante Bismarck

No final deste mês, será finalizado ainda o projeto da ponte que vai ligar centro de eventos à avenida Santos Dumont, na altura das Faculdades Nordeste (Fanor). O edital de licitação está previsto para ser lançado em setembro.

 (O Povo Online)

Anúncios