O velório de Rafael Mascarenhas, de 18 anos, acontece nesta quarta-feira a partir das 10h, no Memorial do Carmo, no Caju. O corpo do rapaz deve ser cremado na quinta.

Morador de um prédio próximo ao local onde Rafael Mascarenhas foi atropelado, o professor Mauro Neves, de 50 anos, presenciou a fuga dos envolvidos no incidente. Segundo ele, o primeiro carro passou em alta velocidade, seguido poucos segundos depois por um veículo escuro,  no caso, o Siena que matou o filho da atriz Cissa Guimarães.

– Era por volta de 1h45m ou 2h da madrugada, eu estava sentado na cama com o laptop e ouvi um barulho muito forte. Imaginei que um carro tivesse batido na mureta. Fui até a janela e vi um carro passando muito rápido, já saindo do meu ângulo de visão. Logo atrás veio um sedan preto com o alerta ligado. Pouco depois, vi uns rapazes descendo de skate correndo. Eles estavam agitados e subiram de volta para o túnel correndo. Apesar disso, achei que estava tudo bem porque a agitação é normal entre essa molecada.

Segundo Mauro, é comum ver skatistas andando no túnel quando há interdições. Segundo informações da 15ª DP (Gávea), Rafael de Souza Bussanra, de 25 anos, motorista do Siena preto, confessou ter atropelado Rafael Mascarenhas, no Túnel Acústico da Gávea, na madrugada desta terça-feira.

(Extra Online)