A Procuradoria Regional Eleitoral encaminhou ao Tribunal Regional Eleitoral um pedido de impugnação de registro de candidatura do empresário Cláudio Vale (PPS), postulante a vice-governador do candidato ao Governo do Estado, Lúcio Alcântara (PR).

Segundo a PRE, Cláudio não preenche uma das condições de elegibilidade previstas na Constituição Federal, que estabelece a necessidade de filiação partidária. Por decisão do Juízo Eleitoral, foram declaradas nulas as duas filiações partidárias que o candidato possuía, uma ao PSDB e outra ao PPS.

Em razão do cancelamento das duas filiações, por conta da duplicidade, o candidato passou a não mais deter qualquer filiação partidária, descumprindo assim o requisito de elegibilidade exigido pela Constituição Federal.

(O Povo Online)

Anúncios