São Paulo – Com o fim da exclusividade a partir de 1° de julho, a competição entre a Cielo e a Redecard aumentou e começa a guerra de números entre as duas credenciadoras.

A Redecard informou que registrou 240 mil transações da bandeira Visa no 1º dia da unificação das máquinas dos cartões, segundo dados obtidos junto ao presidente da empresa, Roberto Medeiros.

E a Cielo, líder em pagamentos eletrônicos no País, comemorou o sucesso das operações MasterCard no seu primeiro dia de trabalho com a nova bandeira. A credenciadora informou, que já captura Visa há 15 anos, registrou uma excelente performance, superando as expectativas iniciais.

Na última quinta-feira, a Cielo também firmou parceria com o Bradesco para captura dos cartões American Express. Com Visa, Mastercard e Amex, os três maiores cartões do mundo, o portfólio de produtos da Cielo ficou mais completo, o que contribuirá, e muito, para aumentar as vendas dos lojistas.

Com as mudanças, a Redecard soma agora 18 bandeiras e a Cielo três. Mesmo com a unificação dos serviços e previsão de diminuição no valor da mensalidade, a previsão é que os lojistas não devolvam as maquininhas, já que ela poderá ser usada para melhorar a agilidade na forma de pagamento e diminuir com as filas comuns em caixas das lojas, segundo associações ligadas ao comércio.

Atualmente, 53,7% das compras no Brasil são feitas através de cartões de crédito ou débito. O número é três vezes superior ao de 1999, quando representava 17% das transações realizadas.

(DCI)

Anúncios