A Contraf-CUT divulgou um manifesto para ser distribuído no Dia Nacional de Luta dos empregados da Caixa, que acontece na próxima terça-feira, 29 de junho. Os bancários estarão mobilizados em todo o país pela isonomia de direitos entre novos e antigos empregados e contra o modelo de reestruturação adotado pelo banco

> Clique aqui para ler o manifesto, que se encontra disponível na seção Publicações do site.

“A isonomia de direitos é uma reivindicação antiga dos empregados da Caixa e que também interessa a inúmeros outros trabalhadores do setor público. As manifestações também se voltam ao Congresso Nacional, pela aprovação do projeto de lei 6259, de 2005”, afirma Plínio Pavão, secretário de saúde da Contraf-CUT e empregado do banco.

“Cobramos o respeito e valorização a todos os empregados e que seja suspensa o processo de reestruturação, pois exigimos que o assunto seja tratado por meio do diálogo com a representação dos empregados”, conclui Plínio.

( Contraf-CUT)