Secretaria Municipal de Saúde (SMS) prorrogou as campanhas de vacinação contra a gripe H1N1 e a gripe comum em Fortaleza, anteriormente previstas para encerrarem-se nesta quarta-feira, 2.

Todos os grupos prioritários que já vinham recebendo a vacina – gestantes, crianças com mais de seis meses e menos de cinco anos, pessoas de qualquer idade com doenças crônicas e adultos de 20 a 39 anos – continuarão a ser imunizados até o limite do estoque de vacinas. O mesmo vale para a campanha contra a gripe comum, que é destinada às pessoas com mais de 60 anos.

A decisão municipal segue recomendação do Ministério da Saúde de reforçar as ações para garantir que a meta de 80% de cobertura seja atingida em todos os grupos prioritários.

Fortaleza já vacinou mais de um milhão de pessoas contra a nova gripe, atingindo 75,3% de cobertura entre todos os grupos prioritários. Além das gestantes, outros quatro grupos já atingiram a meta: pessoas com doenças crônicas com mais de 60 anos (247,6%), crianças com mais de seis meses e menos de dois anos (140,6%), pessoas com doenças crônicas com menos de 60 anos (113,3%) e trabalhadores da saúde (88,9%).

Na Campanha Nacional de Vacinação do Idoso contra a gripe comum, foram imunizadas mais de 117 mil pessoas, 58% do total do público alvo de 202,8 mil com mais de 60 anos.

Quem faz parte do público alvo das campanhas pode procurar um dos 24 postos de saúde do Município que funcionarão nesta quinta-feira, 3, feriado de Corpus Christi, ou qualquer um dos 92 postos de saúde durante a semana.

(O Povo Online)

Anúncios