Três jovens talentos foram os nomes deste sábado na primeira etapa nacional do Circuito Loterias Caixa Brasil Paraolímpico de Atletismo, Halterofilismo e Natação, em Fortaleza.

 Jonathan Santos, 17 anos, foi o primeiro a chamar a atenção da plateia na Unifor. O alagoano bateu mais uma vez a melhor marca do mundo no lançamento de disco, na classe F40, fazendo 37m88. O atleta, que tem acondroplasia, popularmente conhecida como nanismo, já era o dono do melhor lançamento: ele havia feito 36,82m em 2009, no Parapan Juvenil, na Colômbia.

 “As coisas deram certo hoje, eu encaixei o lançamento. É uma sensação de trabalho cumprido muito boa”, destacou Santos, que já fez a melhor marca do mundo seis vezes. 

À tarde, foi a vez de Paulo Douglas, 24 anos, bater o recorde mundial do lançamento de dardo na classe F36. Paulão, como é mais conhecido, fez 43m21, uma surpresa para ele. 

“Eu só estou treinando há duas semanas. Não esperava isso tudo. Mas já que veio, está bom”, comemorou o carioca, que se mudou para São Caetano do Sul há duas semanas para treinar com o técnico da seleção brasileira, João Paulo Cunha. 

No fim do dia, Yohansson do Nascimento fez a festa. O alagoano de 20 anos, colega de treinos de Jonathan, conquistou seu primeiro recorde mundial. Ele correu os 200m rasos, classe T45, em 22seg51.

(www.finalsports.com.br)

Anúncios