O empresário brasileiro, Osmar Pereira, de 58 anos, está sendo protegido pela polícia de Joanesburgo após ser libertado do sequestro que durou 48 horas. As informações são do portal “G1”. O paranaense caiu em um golpe. Ele viajou ao país-sede da Copa do Mundo para fechar um suposto negócio para fornecimento de portas de madeira para reconstrução do Iraque. O valor oferecido à Terra Industrial S.A. foi de US$ 4 milhões (R$ 7,3 milhões).

Osmar Pereira chegou ao aeroporto na cidade de Joanesburgo na terça-feira, foi levado a um carro e seguiu direto para o cativeiro. O brasileiro foi torturado com ferro de passar roupa quente após a negativa da empresa do brasileiro de pagar o resgate.

A políci especial da África do Sul, Hawks, descobriu o crime graças a um sul-coreano que foi vítima do mesmo golpe. Osmar foi levado ao hospital, mas recebeu alta.

(Sideny Rezende)

Anúncios