O ator Marcos Cesana, 44, morreu hoje em São Paulo, no Hospital Samaritano. Ele estava internado desde o dia 8 de maio.

Segundo informações do Hospital, a morte aconteceu em decorrência de “complicações cardiorrespiratórias secundárias a uma hemorragia por ruptura de aneurisma cerebral”.

Há dois anos, Cesana interpretava o inspetor Tavares no seriado policial “9mm: São Paulo” (Fox), um dos principais personagens da trama.

Cesana participou recentemente do filme “Lula, o filho do Brasil”, como o sindicalista Feitosa. Também participou de “Bicho de Sete Cabeças” e “Chega de Saudades”, longas dirigidos por Lais Bodanzky.

O corpo de Marco Cesana está sendo velado no cemitério São Pedro e será cremado às 16h30. As cinzas serão levadas a São José do Rio Preto, cidade onde nasceu o ator.

Teatro

Cesana estava em cartaz na peça “A Alma Boa de Setsuan”, com Denise Fraga no papel principal.

Entre seus trabalhos, estão as peças “Ricardo 3º”, de Shakespeare, com Marco Ricca, e o personagem Tony, da peça “A Festa de Abigail”, dirigida por Mauro Baptista Vedia, um exemplo de seu talento para papéis cômicos.

Além da vocação para comédia, o ator era conhecido pelo bom humor e pelas brincadeiras que fazia nos bastidores. “Ele era um grande criador de tipos”, define Denise Fraga, protagonista do espetáculo “A Alma Boa de Setsuan”.

“A lembrança que eu vou guardar dele é a de um cara muito alegre, que fazia paródias musicais engraçadíssimas na coxia. Eram pequenos shows particulares”, completa.

Além de intérprete, Cesana também era autor de textos para o teatro e para o cinema –foi premiado pelo roteiro do filme “Olho de Boi” no Festival de Gramado de 2007. Ele assinava ainda a adaptação de “A Alma Boa de Setsuan”, com o diretor Marco Antônio Braz.

O espetáculo havia sido cancelado nas últimas duas semanas, mas volta a ser apresentado na próxima sexta, no Tuca (SP), quando o elenco prestará uma homenagem a Cesana. Laerte Melo o substituirá.

(Folha Online)