Pela primeira vez desde que as pesquisas sobre intenções de voto começaram a ser realizadas, a ex-ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), aparece na frente do ex-governador paulista José Serra (PSDB) quanto à preferência dos entrevistados para saber quem querem que ocupe a Presidência da República a partir de janeiro de 2011.

A pesquisa divulgada pelo Instituto Vox Populi no sábado (15) coloca a petista com 38% das intenções e o tucano com 35% das 2 mil pessoas ouvidas em 117 cidades entre 8 e 13 de março.

Conforme o instituto, a margem de erro é de 2,2% para mais ou para menos. Ou seja, isso os coloca tecnicamente empatados.

Na pesquisa anterior do Vox Populi, de abril, Dilma aparecia com 33% e Serra com 38%. Marina Silva (PV) ficou praticamente estável, subindo de 7 por cento naquela pesquisa para 8 por cento agora. Este cenário de abril já não incluía o deputado Ciro Gomes (PSB), que deixou a corrida presidencial.

Na simulação de segundo turno, Dilma tem 40 por cento e Serra, 38 por cento.

Escolha sem lista

Quando a pesquisa é espontânea, ou seja, aquela em que o eleitor fala em quem votará sem que seja provocado (sem lista com nomes), Dilma permanece à frente

A candidata de Luiz Inácio Lula da Silva à sucessão aparece com 19% e Serra tem 15%.

Num eventual segundo turno, Dilma recebeu 40% e Serra 38% da preferência.

Marina Silva (PV) vem logo após, com 8%. No levantamento anterior, apresentado em3 de abril, ela tinha 7% .

(www.capitalnews.com.br)