Até o fim de 2011, um investimento de R$ 50 milhões promete mudar a “cara” do único shopping center de Juazeiro do Norte. O Cariri Shopping iniciará obras de expansão que duplicarão o seu tamanho, fortalecendo-o como um polo comercial e de entretenimento na região.

As intervenções começarão em julho e irão empregar cerca de 1300 pessoas direta e indiretamente. Depois de concluir a ampliação, a estimativa é de que sejam gerados 900 postos de trabalho com carteira assinada e 2 mil empregos indiretos.

Para o superintendente do Cariri Shopping, Paulo Teixeira, os últimos números justificam o empreendimento. “Na comparação de 2009 com 2008, superamos em 65% as vendas e em 40% o fluxo de pessoas. Esperávamos que houvesse um equilíbrio em 2010, mas no primeiro quadrimestre em relação a igual período do ano anterior, as vendas aumentaram 50% e o fluxo cresceu 34%”, citou.

Conforme o projeto, o shopping passará de 90 para 180 lojas. A área total construída irá dobrar para pouco mais de 42 mil metros quadrados, com área bruta locável de 24 mil m². O estacionamento terá 1.300 vagas. “O empreendimento é uma resposta aos desejos dos lojistas e consumidores, uma demanda reprimida. A gente quer proporcionar tudo o que há de mais moderno nos outros shoppings do País aqui também, tornando o Cariri Shopping mais do que um centro de operações de vendas”, afirmou Paulo.

A área de entretenimento passará por grandes mudanças. “Hoje, funcionam duas salas de cinema. Conforme o projeto, serão, ao todo, cinco salas mais modernas, sendo uma 3D. Quanto à praça de alimentação, serão destinados 900 lugares, com ampliação de 12 para 22 lojas”, explicou Roger Tonidandel, diretor comercial da Tenco Realty, empresa mineira responsável pelo projeto. Ele revelou que Marisa, C&A e Riachuelo já estão em fase de contratação para se juntar às outras duas âncoras: Lojas Americanas e Super Mercadinhos São Luiz. Esta última será ampliada em quatro mil metros quadrados. “Além disso, já fechamos com a Colcci, Hering e Cacau Show. Também estamos negociando com o McDonald´s, que será o primeiro na região”, ratificou Roger.

(Diário do Nordeste)