O relato que segue foi publicado de forma discreta, pelo UOL. São declarações de Dunga durante o anúncio dos convocados para a Copa. Não vi em outro veículos. Vejam…

“Dunga deixou transparecer irritação em duas ocasiões. Primeiro, quando Cícero Melo, da ESPN, disse que, se estivesse no lugar de Feola, Dunga não teria levado Pelé para a Copa de 58. “Ele está falando de Pelé. Se você encontrar um Pelé por aí, me traz. Pelé a gente não pode comparar com ninguém”.Quando Milton Neves, da Band, o criticou pelo mesmo motivo, dizendo que Dunga entrará para a história como Cesar Menotti, o técnico da Argentina que não levou Maradona para a Copa de 78. “Os caras são bons, mas não vamos enganar ninguém, né Milton? Tem muita coisa encomendada”, disse, sugerindo a existência de interesses comerciais por trás da pressão pela convocação dos jogadores.”

Dunga levanta uma suspeita: por trás das pressões e lobbies (termo que Dunga mesmo usou na entrevista coletiva de ontem) para se convocar esse ou aquele atleta, existiria “muita coisa encomendada”.

Ficamos a pensar: encomendada por quem? A que atletas Dunga se referiu? Ninguém perguntou isso a ele na coletiva? Jornalistas (ou empresas de comunicação) participam dessas “encomendas”?

Eu não recebi grana de ninguém.

Mas, como todo brasileiro, estranhei algumas escolhas de Dunga:
– no meio-de-campo, Josué (baixinho brigador, esforçado, mas sem brilho) e Kleberson (experiente, mas reserva no Flamengo) no  lugar de Ganso (jogador com potencial para virar um daqueles maestros de meio-campo)?
– no ataque, Grafite no lugar de Neymar?
– no gol (como terceiro nome), Doni no lugar de Victor do Grêmio?
– na lateral-esquerda, Michel Bastos no lugar de Kleber (do Inter) ou até do velho Roberto Carlos?

Quanto a Ronaldinho Gaúcho e Adriano (preteridos por Dunga), acho que o técnico foi coerente. Os dois parecem enjoados, cansados de jogar futebol.

Abaixo, o texto do UOL, assinado pelo atento jornalista Mauricio Stycer… Além da suspeita de “coisa encomendada”, há várias alfinetadas de Dunga na imprensa

http://copadomundo.uol.com.br/2010/ultimas-noticias/2010/05/11/dunga-faz-piada-ironiza-a-imprensa-e-ri-dos-seus-erros-de-portugues.jhtm

E, ao contrário do que eu havia escrito aqui, o texto do Stycer ganhou destaque – sim – na capa do UOL durante boa parte da tarde de ontem. O estranho é que outros veículos ignoraram a frase de Dunga sobre as “encomendas”…

(Blog O Escrevinhador, por Rodrigo Vianna)