Termina nesta quarta-feira (5) o prazo para tirar o título eleitoral ou transferir o documento para outra cidade. Muitos cartórios eleitorais do país prometem “esticar” o atendimento para atender o público. Veja na tabela ao lado o horário de funcionamento dos cartórios.

HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO ELEITOR NOS  ESTADOS
Acre Das 8h às 18h*
Alagoas Na capital, o expediente será das 7h30 às 17h30. No interior, das 7h30 às 16h30.
Amapá Das 8h às 18h*
Amazonas Na capital, o atendimento será das 7h às 19h. No interior, de 8h às 15h.
Bahia Em Salvador, o atendimento será das 8h às 18h.
Ceará A central de atendimento no ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza, funcionará das 8h às 19h.
Distrito Federal Cartórios e postos estarão abertos das 9h às 18h.
Espírito Santo Das 9h às 18h
Goiás Em Goiânia, a Central de Atendimento ao Eleitor funcionará das 8h às 18h*. Nas unidades Vapt Vupt (em três shoppings da capital), o atendimento será das 7 às 19 horas.
Maranhão Na capital, o atendimento vai de 8h às 19h30*. No interior, o atendimento será de 8h às 18h.
Mato Grosso Em Cuiabá e Várzea Grande, o atendimento será das 8h às 18h.
Mato Grosso do Sul Em Campo Grande, a Central de Atendimento ao Eleitor funcionará das 8h às 18h.
Minas Gerais Em Belo Horizonte, o atendimento é das 8h às 17h. No interior, os cartórios funcionam das 10h às 16h.*
Pará Na capital, há mutirão no ginásio da Universidade Estadual do Pará (Uepa), das 8h às 18h*. No interior, a maioria dos cartórios dos 143 municípios funcionam das 8h às 18h.
Paraíba Em João Pessoa, a Central de Atendimento ao Eleitor vai funcionar de 8h às 18h.
Paraná Em Curitiba, a Central de Atendimento ao Eleitor funcionará das 8h às 18h.
Pernambuco A Central de Atendimento ao Eleitor, no Recife, funciona de 8h às 18h.
Piauí Das 7h às 18h.
Rio de Janeiro O atendimento será de 11h às 19h*.
Rio Grande do Norte Cartórios do estado funcionarão de 8h às 18h*.
Rio Grande do Sul Na capital, a central de atendimento funcionará das 9h às 19h.
Rondônia Na capital, o atendimento será das 7h às 19h. No interior, de 8h às 19h.*
Roraima Das 8h às 15h.*
Santa Catarina Das 8h às 19h
São Paulo Das 9h às 18h*
Sergipe Das 8h às 18h
Tocantins Das 8h às 18h*
*Quem estiver na fila no horário de encerramento do expediente receberá senha para ser atendido, segundo informações do TRE

Termina nesta quarta-feira (5) o prazo para tirar o título eleitoral ou transferir o documento para outra cidade. Muitos cartórios eleitorais do país prometem “esticar” o atendimento para atender o público. Veja na tabela ao lado o horário de funcionamento dos cartórios.

No Acre, Amapá, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, São Paulo e no Tocantins, o eleitor que estiver na fila no horário de encerramento do expediente receberá uma senha para ser atendido, segundo informações dos tribunais regionais eleitorais.

Nas capitais São Luís e Belém também haverá distribuição de senhas. Em Goiânia, o expediente só será “esticado” na Central de Atendimento ao Eleitor.

O atendimento poderá ser ampliado nesses locais, mas vale reforçar: quem chegar após o horário previsto para o encerramento não receberá senha e não será atendido. A distribuição só será feita para quem estiver na repartição antes do fim do horário de atendimento.

Em muitos estados, não há um padrão de expediente para todos os cartórios dos municípios do interior. Além disso, as assessorias dos tribunais regionais eleitorais informaram ao G1 que o juiz eleitoral de cada município pode prorrogar o expediente se entender que há necessidade.

Por isso, o eleitor que estiver em dúvida deve ligar no tribunal eleitoral ou no cartório eleitoral

No Acre, Amapá, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, São Paulo e no Tocantins, o eleitor que estiver na fila no horário de encerramento do expediente receberá uma senha para ser atendido, segundo informações dos tribunais regionais eleitorais.

Nas capitais São Luís e Belém também haverá distribuição de senhas. Em Goiânia, o expediente só será “esticado” na Central de Atendimento ao Eleitor.

O atendimento poderá ser ampliado nesses locais, mas vale reforçar: quem chegar após o horário previsto para o encerramento não receberá senha e não será atendido. A distribuição só será feita para quem estiver na repartição antes do fim do horário de atendimento.

Em muitos estados, não há um padrão de expediente para todos os cartórios dos municípios do interior. Além disso, as assessorias dos tribunais regionais eleitorais informaram ao G1 que o juiz eleitoral de cada município pode prorrogar o expediente se entender que há necessidade.

Por isso, o eleitor que estiver em dúvida deve ligar no tribunal eleitoral ou no cartório eleitoral para saber o horário de funcionamento.

Mudança de endereço

O dia 5 de maio também é a data limite para o eleitor alterar o título no caso de mudança de endereço dentro da mesma cidade e para o eleitor portador de necessidades especiais solicitar transferência para seção especial.

(Portal G1)