Ainda em fase de levantamento com as construtoras, a Caixa Econômica Federal se prepara para realizar dois eventos que vão impulsionar ainda mais o financiamento imobiliário no Ceará. A sexta edição do Feirão da Casa Própria, em Fortaleza, ocorrerá de 14 a 16 de maio no Centro de Negócios do Sebrae. Já a III Feira de Imóveis do Cariri está agendada para os dias 5 e 6 de junho, no Cariri Shopping, em Juazeiro do Norte. Embora ainda não disponha do número de imóveis que serão comercializados em cada evento, a expectativa da instituição é positiva em função dos recordes alcançados no ano passado.

Os feirões da Casa Própria da Caixa serão realizados em Fortaleza, de 14 a 16 de maio no Centro de Negócios do Sebrae e, no Cariri, nos dias 5 e 6 de junho, no Cariri Shopping, em Juazeiro

Em 2009 a Caixa encerrou o ano com a maior contratação habitacional de sua história. No Ceará, o montante destinado aos financiamentos habitacionais cresceu 100,7%, passando de R$ 322,5 milhões, em 2008, para R$ 647,5 milhões, beneficiando mais de 14 mil famílias no Estado. No 5º Feirão da Caixa, em junho do ano passado, foram movimentados R$ 387,4 milhões no Ceará, contabilizando 5.271 negócios – um incremento de 119,85% face a edição do ano anterior.

Este ano, a projeção inicial para o mesmo evento é de pelo menos 20% de crescimento face a edição anterior. Em 2010 o mercado permanece aquecido. Somente no primeiro trimestre deste ano (2010), a Caixa já concedeu no Ceará o montante de R$ 146,7 milhões em crédito imobiliário. Nos dias 14, 15 e 16 de maio mais de 90 estandes de construtoras e imobiliárias estarão diariamente, de 10 às 20 horas (sexta e sábado) e até às 19 horas no domingo, trabalhando para bater as metas alcançadas em 2009.

Cerca de 300 funcionários estarão atendendo durante a Feira, que contará com duas ilhas de atendimento Caixa para simulações e atendimento geral.

Imóveis no Cariri –  Nos dias 05 e 06 de junho será a vez de Juazeiro do Norte alavancar a aquisição de moradias na região do Cariri.

No sábado, de 10 às 20 horas, e no domingo, entre 10 e 18 horas, o Cariri Shopping contará com a estrutura 25 estandes de construtoras e ilha de atendimento Caixa com 45 empregados nos dois dias de Feira.

Os financiamentos podem chegar a 100% do valor dos imóveis, com prazo de até 30 anos para pagar, direcionado a todas as faixas de renda familiar. Do mesmo modo que no 6º Feirão da Caixa, em Fortaleza, o total de imóveis que serão oferecidos ainda está sendo fechado com as construtoras.

Brasil – Em todo o País, mais de 450 mil imóveis estarão à venda em 13 cidades na sexta edição do Feirão da Casa Própria da Caixa. De olho na demanda aquecida, o evento deste ano ainda será complementado por 41 feiras de menor porte.

Esta edição terá 200 mil moradias que se enquadram nas regras do Minha Casa, Minha Vida. O banco ainda não contabilizou quantas unidades novas – além das que estão dentro do programa – serão oferecidas, mas o vice-presidente da instituição, Jorge Hereda, estima que chegue à metade.

A previsão é de que os negócios realizados ou encaminhados totalizem R$ 3,5 bilhões. A vantagem para quem está procurando um imóvel é encontrar, num só local, todos os agentes da cadeia, como construtoras, corretores, cartórios e técnicos do banco responsáveis por liberar os financiamentos.

Atenção – O coordenador do Centro de Estudos em Finanças da FGV, William Eid Júnior, alerta, porém, para as armadilhas de um evento desse porte para quem não fizer as contas antes de se comprometer por um prazo que pode chegar a 30 anos.

“O mercado está desregulado, com imóveis com valores elevados”, afirma, aconselhando os futuros mutuários a avaliarem com calma as condições do empréstimo e não apenas se a parcela caberá no orçamento.

Além disso, ressalta, é preciso conferir, antes da compra, a estrutura do imóvel e do seu entorno, o que inclui transporte, segurança e até conversar com potenciais vizinhos para não se arrepender depois do negócio fechado.

(Diário do Nordeste)

Anúncios