Deputado Brizola Neto discusando no plenário da câmara

Por Brizola Neto

Embora eu não tenha ficado satisfeito com meu próprio desempenho, acho que cumpri meu papel hoje, ao falar na tribuna da Câmara, da verdadeira fábrica de manipulação,  calúnias e difamação que a direção do PSDB está promovendo na internet e que eu denunciei, com documentos incontestáveis, aquiaqui.Entreguei os documentos aos líderes do PT. De agora em diante, a decisão de levar à Justiça é deles, não me cabe. e

Vou reproduzir  abaixo as notas da taquigrafia com o que disse – daqui a pouco posto em vídeo, inclusive a discussão que tive com o líder tucano, Antonio Carlos Pannunzio, que, sem ter o que responder, foi questionar meu direito de falar ao plenário, usando, como sempre, a tática de censurar quem diz a verdade. Fui à tribuna, como fica claro, como líder do PDT, pois sou, até junho, o 1° vice-líder e, na ausência do líder, tenho tal franquia. Registro também que o deputado Dagoberto, o atual líder do PDT, ausentou-se para que eu pudesse assumir e falar, solidário à importância do que eu tinha a dizer e cedendo-me, com a gentileza de sempre, o espaço.

Levou a resposta merecida, porque nada mais honra Leonel Brizola do que enfrentar, de peito aberto, os manipuladores da mídia, a direita e os vendilhões do Brasil.

O SR. PRESIDENTE (Antonio Carlos Magalhães Neto) – Concedo a palavra ao nobre Deputado Brizola Neto, para uma Comunicação de Liderança, pelo PDT.
O SR. BRIZOLA NETO (PDT. Como Líder. Sem revisão do orador.) – Obrigado, Presidente ACM. Cumprimento os nossos pares Parlamentares. Vou usar o tempo de Liderança do PDT para fazer uma denúncia grave do que tem ocorrido no processo eleitoral brasileiro.
Sabemos que o processo eleitoral nem começou oficialmente mas já temos uma mostra de que esta campanha vai ser uma das com nível mais baixo desde a redemocratização do nosso País.
Digo isso, Sras. e Srs. Parlamentares, porque essas iniciativas que vemos muitas vezes, principalmente na internet, são de quem não tem proposta para o Brasil, de quem não sabe fazer discussão do campo político e parte para as agressões, para os ataques baixos, para a calúnia e a difamação.
Sabemos que quando isso ocorre, muitas vezes na rede, Deputado José Genoíno, partindo de militantes, às vezes partindo até de redes sociais, mas quando esses ataques caluniosos, que buscam somente difamar a história e a honra do Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e de sua candidata, Dilma Rousseff, ficamos espantados quando parte oficialmente do PSDB. Está aqui, Deputado Genoíno, depois irei entregar a V.Exa. e à Liderança do PT. Conseguimos verificar que existe um site, que não é ponto com, é ponto org, o que caracteriza justamente o registro das direções partidárias. O site do PSDB, psdb.org, tinha um link para um site que dizia gentequemente.org.
Sr. Presidente, para concluir, fomos verificar, e esse site, simplesmente difamador, que dá golpes abaixo da cintura, está registrado oficialmente pelo PSDB. Esse é o pessoal que diz que pode mais. Realmente podem mais baixaria, calúnia, porque não têm a capacidade de fazer o debate.
Ontem mesmo tivemos um episódio, promovido por um Deputado desta Casa, que divulgou uma carta falsa da jornalista Marília Gabriela, em seu site. Logo em seguida, foi desmentido e teve a ameaça de ser processado por essa jornalista pela falsa carta de Marília Gabriela sobre sua opinião da candidata Dilma Rousseff.
(há uma pequena interrupção das notas taquigráficas do final da fala)

Aí Pannunzio questiona minha presença na tribuna e recebe a informação de que a ocupei legitimamente. E fala que “de qualquer forma, quero dizer que o Deputado Brizola Neto devia ponderar um pouco mais, até para ficar à altura do legado do avô dele, para não ficar numa política mais baixa.”. É muita cara de pau, vir falar em política baixa justamente  o líder do partido que faz este tipo de imundície na internet. E eu reagi.

O SR. BRIZOLA NETO – Presidente, assim não contribui com o debate.
O SR. PRESIDENTE (Antonio Carlos Magalhães Neto) – Deputado Brizola.
O SR. BRIZOLA NETO (PDT-RJ. Sem revisão do orador.) – Aí eu vou pedir uma questão de ordem, até porque eu fui citado.
O SR. PRESIDENTE (Antonio Carlos Magalhães Neto) – Eu peço que nós possamos manter a ordem.
O SR. BRIZOLA NETO (PDT-RJ. Sem revisão do orador.) – Eu fui citado.
O SR. PRESIDENTE (Antonio Carlos Magalhães Neto) – Não, Deputado Brizola Neto. Não houve citação, a Mesa respondeu, houve um questionamento.
O SR. BRIZOLA NETO (PDT-RJ. Sem revisão do orador.) – Sr. Presidente, nós respeitamos os horários dos inscritos, buscamos justamente pegar o horário da Liderança do PDT para respeitar a ordem de inscrição. Aí vem o Deputado Antonio Carlos Pannunzio furar a fila para contestar afirmações que foi o próprio partido dele que colocou na rede.
O SR. PRESIDENTE (Antonio Carlos Magalhães Neto) – S.Exa. não furou, S.Exa. fez um questionamento de natureza regimental.
O SR. BRIZOLA NETO (PDT-RJ. Sem revisão do orador.) – Está aqui o registro, está aqui o registro, Sr. Presidente
O SR. PRESIDENTE (Antonio Carlos Magalhães Neto) – Deputado Brizola Neto, eu assegurei a palavra a V.Exa. Eu peço que V.Exa. entenda que houve um questionamento que já foi respondido pela Mesa. V.Exa. está amparado pelo Regimento
O SR. BRIZOLA NETO (PDT-RJ. Sem revisão do orador.) – Eu só quero dizer ao Deputado Antonio Carlos Pannunzio que eu honro a história de Leonel Brizola, denunciando o fascismo que promove o PSDB na política.

(Blog Tijolaço, do Brizola Neto)

Anúncios