Até que enfim alguém ligado ao PT se mexeu. Um dos coordenadores da campanha de Dilma, Marcelo Branco (foto), de quem já falei várias vezes aqui, registrou em seu twitter que a campanha dos 45 anos da TV Globo é propaganda disfarçada de José Serra. É isso aí, Marcelo, não se pode dar espaço ao discurso fácil da coincidência, ainda mais se tratando da Globo e sua vida pregressa.

Muita gente levantou a mesma suspeita, já que além do número 45, o mesmo do PSDB, o slogan da Globo, “Todos queremos mais” se encaixa como uma luva no mote de Serra, “O Brasil pode mais”. A Globo foi procurada pela Folha por volta de 12h30, mas o ramal da assessoria da emissora não atendeu.

Seja porque Marcelo chiou ou não, a Globo acaba de comunicar que suspendeu a exibição do clipe serrista. Ela alega que estava pronto desde novembro de 2009. Diz a Globo que não pretende dar pretextos para ser acusada de  tendenciosa. Ora, que modéstia. Nem precisava. A Globo, em matéria de manipulação política é uma espécie de sócio remido.

(Blog Tijolaco)