Lagoa Pedro II – Viçosa do Ceará

Em grande parte do ano, as nuvens abandonam o firmamento e se deitam sobre Viçosa do Ceará. A cidade mais acolhedora da Serra da Ibiapaba, na Zona Norte do Estado, se transforma num imenso lençol branco que cobre de charme e graça paisagens de história e belezas naturais que podem ser apreciadas em todas as estações

A Igreja do Céu é uma referência na paisagem de Viçosa do Ceará e se destaca pela localização e a bela escadaria de acesso, que conduz também a um complexo artístico/cultural fotos: fernando brito

Uma estrada estreita ladeada de verde conduz o visitante a um roteiro de fascínio, entremeado de história, lendas, sabores e acordes perfeitos. A sonoridade da natureza se sobressai e, aliada ao clima serrano, produz aconchego e propicia o convívio social, onde a cordialidade está sempre à flor da pele.

Viçosa do Ceará é o destino que se descortina para o turista em meio a montanhas verdejantes que se estendem até aonde a vista alcança. Encantado, o visitante aproveita todas as situações convidativas ao ecoturismo, como fontes de águas cristalinas, e se deixa levar pelo universo de histórias e lendas do passado que chegam ao presente em conversas com o povo  nas ruas limpas e praças ajardinadas da cidade, que guardam a lembrança de filhos ilustres do lugar.

//

As Choronas (+4 fotos) por Márcio Anderson.

Festival do Mel, Chorinho e Cachaça

Boca do Inferno por Márcio Anderson.

Festival do Mel, Chorinho e Cachaça

Viçosa do Ceará - Noturna por Márcio Anderson.

Vista Aérea Noturna – Viçosa do Ceará

Onde meus pés não tocaram por Márcio Anderson.

Pedra do Machado – Viçosa do Ceará

Transporte perigoso por Márcio Anderson.

Estrada para Santa Teresinha – Viçosa do Ceará

Serra da Ibiapaba por Márcio Anderson.

Paisagem – Viçosa do Ceará
Os verdes caminhos, salpicados de árvores centenárias e frondosas, levam à descoberta do casario histórico datado dos séculos XVIII e XIX, de beleza incomparável e valor arquitetônico eclético. A Igreja Matriz Nossa Senhora da Assunção, de 1665, é o ícone do sítio histórico, que reúne 72 edificações e é Patrimônio Nacional declarado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde agosto de 2003.

O passeio por Viçosa reserva, ainda, outras agradáveis surpresas. Seja de dia ou nas noites, sobretudo nas mais friorentas, quando agasalhos coloridos e botas ditam a moda, viçosenses e visitantes ganham as ruas ou sobem ao Céu, na verdade, o complexo turístico da Igreja do Céu, ponto mais elevado da cidade. A pedida é degustar a gastronomia local, em que mel, chocolates, petas, “bulinhos” e a famosa cachaça viçosense revelam os doces sabores da Princesa da Ibiapaba.

A descoberta do rico artesanato local, com destaque para a cerâmica, feita com engenho e arte, decifra para o turista a identidade do povo, que não dispensa as cadeiras nas calçadas para robustecer a pacatez da cidade e abre espaços generosos para festivais que aquecem o turismo e têm a sustentabilidade como conceito e marca registrada.

O Festival Mel, Chorinho e Cachaça é o maior dos eventos da cidade e convida a ver, provar, sentir, ouvir e viver Viçosa do Ceará, aguçando todos os sentidos, embalados pelos acordes do melhor da música instrumental brasileira.

No palco principal, na Igreja do Céu, criatividade e talento são exaltados. Mais que nunca, Viçosa canta e encanta, convocando ao desembarque no Porto das Nuvens, sem pressa de partir.

Créditos Fotos: Márcio Anderson – http://www.flickr.com/photos/m2714/sets/72157604213812364/

(Diário do Nordeste)