Depois de cinco anos de discussão, enfim, o plano de Contribuição Variável da Capef – Caixa de Previdência dos Empregados do Bando do Nordeste do Brasil (BNB) vai sair do papel. O plano foi apresentado na quarta-feira, 14, à Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, em reunião na sede do Sindicato. O secretário de Assuntos Jurídicos, Alan Patrícia, integrante da comissão, representou Pernambuco. O plano abrange todos os bancários, inclusive os pós-98, que não dispunham de Caixa de Previdência.

Finalmente aprovado pelo DEST – Despartamento de Controle das Empresas Estatais e pelo Conselho Diretor do banco, ele ainda está em fase de apresentação aos gestores, trabalhadores e movimento sindical. A perspectiva é que ele abra para adesão até o final do semestre.

A partir do dia 22, haverá um simulador na página da Capef: http://www.capef.com.br/planocv. Com ele, os que possuem o plano de Benefício Definido podem analisar o seu caso e decidir se é melhor aderir ao novo plano.

Para os que não tinham caixa de previdência, é possível, inclusive, recuperar o tempo perdido. Basta ampliar o percentual, que pode ser calculado a partir do simulador. E, como o plano é paritário, o banco também se obriga a depositar valor semelhante. “A discussão não está fechada, ainda há pontos que podem evoluir. Mas é, sem dúvida, uma grande conquista”, afirma Alan Patrício.

Aposentados – Pela manhã, o Sindicato participou de outra atividade, relacionada ao BNB. Foi a inauguração da sala da Associação dos Aposentados do banco, que passa a funcionar no prédio da superintendência. O presidente do banco, Roberto Smith, estava presente na solenidade.

Segundo ele, o banco não está cedendo um espaço. Mas devolvendo-o àqueles que ajudaram a construir a história da empresa.

( Seec Pernambuco)