SÃO PAULO – O Banco do Brasil informou nesta sexta-feira, 16, que “até o momento não há qualquer posição definitiva” sobre a aquisição do Banco Patagônia, na Argentina. Segundo o comunicado, o BB diz que há a possibilidade de comprar o controle acionário do banco argentino ou ainda deter uma participação relevante na instituição.

Segundo o Banco Patagônia, as negociações com Banco do Brasil se encontram “muito avançadas” e estima que “nos próximos dias” poderá chegar à conclusão de um acordo. Segundo comunicado do Patagônia, este acordo pode incluir a aquisição do controle do banco pelo BB.

O jornal Folha de S. Paulo publicou reportagem nesta sexta-feira afirmando que o BB havia fechado a compra do Patagônia e que no dia 22 o comando do banco brasileiro irá a Argentina para a formalização da compra.

O Banco do Brasil foi procurado pela reportagem da Agência Estado e até o momento não se pronunciou.

Há pouco, a BM&FBovespa suspendeu os negócios com os BDRs (Brazilian Depositary Receipts) do Banco Patagônia, no “aguardo de maiores esclarecimentos” sobre a aquisição.

(Estadão Online)