O Sindicato dos Bancários do Ceará, atendendo orientação da CNFBNB/Contraf-CUT dirigida a todos os sindicatos com BNB na base, está recolhendo os dados necessários para ingressar com ação de extensão da Licença-Prêmio a todos os funcionários que em janeiro de 1997 já estavam no Banco e tiveram o direito arbitrariamente suprimido pela administração Byron Queiroz.

A coleta de informações prosseguirá até o final deste mês de abril de forma a permitir o ajuizamento da ação ainda no mês de maio. Para colher os subsídios de cada um dos interessados, o SEEB/CE disponibiliza formulário próprio, distribuído durante o plantão no Passaré e visitas às agências. O objetivo desse corpo a corpo é não deixar ninguém de fora, lembra o diretor do SEEB/CE, Tomaz de Aquino, acrescentando que a ação incluirá todos aqueles que estavam no Banco quando a LP foi retirada e, não foram contemplados no acordo recém-firmado com o Banco.

(Sindicato dos Bancários do Ceará)