SÃO PAULO – O presidente da escola de samba Unidos de Vila Isabel, Wilson Vieira, conhecido como Moisés, foi detido nesta terça-feira, 13, no Rio, por suposto envolvimento com uma quadrilha especializada em caça-níqueis. Ele estava em sua casa, localizada em Copacabana, na zona sul da cidade.

A prisão é resultado da Operação Alvará, da Polícia Federal (PF) desencadeada hoje com o objetivo de desbaratar um esquema de exploração de máquinas caça-níqueis em estabelecimentos comerciais da região metropolitana de Niterói.

Além de Moisés, oito policias, sendo sete militares e um civil, foram presos suspeitos de integrarem a quadrilha. Dos 29 Mandados de Prisão expedidos foram cumpridos, até o momento, 18, segundo informou a PF.

Segundo a polícia, a quadrilha usava selos que funcionavam como alvará para os comerciantes usarem as máquinas. Os selos eram trocados mensalmente para garantir a permanência das máquinas nos estabelecimentos comerciais.

(O Estado de SP)