Do site tijolaco.com, de Brizola Neto

Ontem eu publiquei aqui uma comparação sobre como os jornais em São Paulo têm um comportamento completamente diferente quando se trata dos problemas enfrentados pelos governos demo-tucanos da cidade e do Estado.

Publico aí em cima duas primeiras páginas que falam por si só: O Globo de domingo e o Estadão de hoje, dois dias depois.

O trabalho jornalístico do repórter Eduardo Reina é corretíssimo. Mas a maneira de tratar o assunto mostra que, em São Paulo, capital e entorno, isso não é um escândalo. Não se fala em “governantes que permitiram e incentivaram a ocupação”.

Até porque há até prédios de classe média sobre lixões e, há dez anos, uma explosão matou uma pessoa.

Lá, a prefeitura do DEM e o Governo do PSDB não são demonizados. Aqui, vão desencavar o governo de Brizola, que tem quase 20 anos, para culpá-lo.

Não é, evidente, por ódio ao Brizola, por si mesmo. É ódio a quem não tratou o pobre com desprezo, trator e polícia.