O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, é o único latino-americano citado na lista dos 30 executivos-chefes mais respeitados do mundo divulgada pela revista semanal Barron’s, editada pelo The Wall Street Journal.

Gabrielli aparece na listagem pelo segundo ano consecutivo. De acordo com a publicação, foram escolhidos para integrar a lista executivos que souberam manter suas companhias longe da crise mundial e aproveitaram o momento para expandir negócios e fazer boas aquisições. A Barron’s levou em conta a performance das ações das empresas durante a gestão dos líderes.

Enquanto isso, senadores demo-tucanos, em vez de trabalhar, passaram o ano passado tentando sabotar a Petrobras com uma CPI para atender aos interesses eleitoreiros de José Serra (PSDB/SP) e preparar o terreno para privatizá-la, entregando o pré-sal aos estrangeiros.

(Os Amigos do Presidente Lula)