A suspensão dos serviços de transporte ferroviário entre Maracanaú e Fortaleza, em decorrência de obras do Metrofor, será debatida em audiência pública conjunta, na Câmara Municipal de Maracanaú, no dia 19/2. A informação é do deputado federal Chico Lopes (PCdoB), que esta terça-feira, 2/2, participou de audiência no Decon, com o promotor João Gualberto e o presidente da Câmara Municipal de Maracanaú, vereador Chico Barbeiro (PCdoB).

A reunião, a segunda realizada este mês para discutir o problema dos cidadãos prejudicados com a paralisação da operação dos trens metropolitanos, definiu como encaminhamento a realização da audiência, para a qual serão convidados representantes do Metrofor e da Secretaria de Infra-estrutura do Governo do Estado, além de parlamentares de Maracanaú e Pacatuba.

“Os cidadãos de Maracanaú que precisam se deslocar diariamente a Fortaleza e que usavam o trem para isso e agora são obrigados a recorrer a ônibus deixaram de pagar R$2,00 pelo transporte. E passaram a pagar R$5,00”, afirmou Chico Lopes, durante o encontro desta terça-feira no Decon. “Fica salgada a conta. Ainda mais se pensarmos em termos de famílias, estudantes…”.

Ressaltando o acesso ao transporte como um direito fundamental, Chico Lopes avalia que um subsídio pode ser concedido a esses cidadãos, como compensação pela mudança dos trens para os ônibus.

“Não somos, de modo nenhum, contra o Metrofor. Muito pelo contrário. Apenas entendemos que sem os trens acaba havendo um prejuízo muito grande para a ponta mais fraca desse processo, que é o consumidor”, acrescenta Lopes. “Por isso acreditamos que é possível se buscar uma solução melhor, em diálogo com o Metrofor e o Governo do Estado”.

A audiência pública conjunta está marcada para o dia 19/2, na Câmara Municipal de Maracanaú, e deverá contar, além de vereadores do município e da cidade de Pacatuba (também atingida pelo problema), com a presença de representantes do Ministério Público, do Metrofor e da Seinfra.

Fonte: Ass. Imprensa – Dep. Fed. Chico Lopes – PCdoB-CE

(Portal Vermelho)