O deputado federal peemedebista Paulo Henrique Lustosa discorda de Heitor Férrer (PDT) que, neste Blog, disse não ver o presidente regional do PMDB, deputado federal Eunício Oliveira, pré-candidato ao Senado, com “liderança própria“ para merecer vitória.

Paulo Henrique destaca que Eunício tem qualidades políticas, bom trãnsito em Brasília, no que já foi ministro das Counicações, resaltando ainda a força dele na Região do Cariri.

O parlamentar também disse que a tendência, na disputa pelo Senado, é ganhar quem tiver o apoio governista. Para ele, se o ministro da Previdência Social, José Pimentel (PT), entrar na disputa com Eunício, que é apoiado em voto declarado pelo governador Cid Gomes (PSB), dificilmente o senador tucano Tasso Jereissati conquistará mandato.

“Nos últimos anos, os dois nomes ao Senado apoiados pelos governantes sempre vencem“, observa Paulo Henrique, filho do ex-presidente da Funasa, Paulo Lustosa, que não comunga mais com o PMDB de Eunício, ao ponto de ter se filiado na legenda do PPS.

(Blog do Eliomar de Lima)

Anúncios