A polícia prendeu, na noite deste sábado, um suspeito acusado de ter assassinado a pequena Alanis Maria Laurindo de Oliveira, 5 anos. Após ter sido raptada no pátio de uma igreja no Conjunto Ceará, na noite da última quinta-feira, 7, ela foi encontrada morta, na tarde desta sexta-feira, em um matagal localizado na rua Rui Monte, no bairro Antônio Bezerra.

A Polícia chegou ao suspeito de 32 anos através de uma denúncia anônima. Ele foi preso em casa, no bairro Autran Nunes, e foi levado à Superintendência da Polícia Civil, no Centro, por volta das 22 horas. O acusado já tem passagem pela policia por estupro. O suspeito alega inocência e acusa seu irmão do crime. Segundo a Polícia, ele deve ser ouvido apenas na segunda-feira.

Policiais que participaram da operação de prisão do suspeito disseram que tiveram de enfrentar a revolta da população do bairro Autran Nunes. Muita gente jogou objetos contra o suspeito. Até tijolos foram arremessados

O POVO não divulga o nome do acusado por ele ainda ser suspeito do crime.

Multidão acompanha velório e enterro de Alanis

O pedido de justiça e o clima de revolta se emaranharam ao sofrimento pela
morte da pequena Alanis Maria Laurindo de Oliveira, 5. Centenas de pessoas acompanharam o velório este sábado de manhã na Igreja Nossa Senhora da Conceição, no Conjunto Ceará.

Uma multidão se formou em frente ao local para cobrar celeridade nas investigações. O enterro ocorreu também pela manhã, no cemitério Jardim do Éden, em Pacatuba. Quatro ônibus foram fretados para levar os amigos e vizinhos do bairro para dar o último adeus.

Muitos curiosos estiveram presentes. Por volta das 9 horas, as portas da igreja precisaram ser fechadas e o restante do velório foi apenas para familiares e amigos próximos. Lá dentro, a tentativa era esquecer a forma brutal como ocorreu o crime.

Segundo a assessoria de imprensa da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), a coordenação do terminal do Antônio Bezerra está verificando as imagens gravadas na tentativa de identificar o suspeito do crime. Se houver algum registro da passagem, pelo local, da menina e do homem que a levou, as imagens serão entregues pela Polícia.

Criança raptada é encontrada morta no bairro Antônio Bezerra

A menina de cinco anos raptada na noite de quinta-feira, 7, foi encontrada morta nesta sexta-feira, 8, em um matagal no bairro Antônio Bezerra, na periferia de Fortaleza.

De acordo com a Polícia Militar do Ceará, Alanis Maria Laurindo de Oliveira foi encontrada de bruços, despida e com indícios de ter sido violentada. Ela apresentava vários hematomas pelo corpo.

A criança foi raptada ontem no bairro Conjunto Ceará, zona oeste da capital cearense, em frente à Igreja Nossa Senhora da Conceição. Segundo os pais, que estavam na celebração da missa no momento do rapto, eles haviam deixado a menina brincando com dois garotos na porta lateral da igreja. Depois de alguns instantes, a mãe percebeu a ausência da menina. Os dois garotos informaram que a criança tinha sido levada por um homem de camisa vermelha e calça jeans.

(O Povo Online)

Anúncios