O ano começa com uma boa notícia para quem pretende disputar uma vaga no funcionalismo. Os concursos já abertos e os previstos pela União, pelo Estado e pelo município deverão oferecer, no total, 305.934 oportunidades, entre cargos já criados, vagas que foram autorizadas e chances que aguardam aprovação dos órgãos competentes, como o Ministério do Planejamento.

Dessas, 16.916 são de concursos já abertos (com publicação de edital), com inscrições que já se iniciaram ou que serão aceitas em breve.

Neste ano, as autorizações para a contratação de servidores mais que dobraram em relação ao ano passado. De acordo com o orçamento da União, o poder público federal está autorizado a contratar 77.882 funcionários ante 33.667 em 2009.

Uma das seleções mais esperadas é a do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que realizará concurso para a contratação temporária de 189.204 recenseadores para o Censo 2010. O cargo exige ensino fundamental. O edital está previsto para sair em breve, já que a expectativa do órgão é de que os contratados estejam treinados a partir de agosto para realizar a pesquisa. O salário deverá ser, em média, de R$ 700.

Os concursos da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, cujo provimento previsto soma mais de 5.000 vagas, dependem de aprovação do Ministério do Planejamento. O mesmo ocorre com a Fundação Oswaldo Cruz, que tem projeto de 1.963 vagas para técnicos, analistas e pesquisadores a ser aprovado pelo Planejamento.

(Folha Online)

Anúncios