Suspeita de crime de pistolagem em Pereiro, na região do Vale do Jaguaribe. O ex-prefeito do município, Mardônio Diógenes, de 63 anos foi assassinado na manhã desta quinta-feira (31) com dois tiros disparados à queima roupa.

Segundo a polícia, o ex-prefeito estava na fazenda dele, na localidade de Campos, na zona rural de Pereiro, quando dois homens chegaram numa moto e atiraram. Os criminosos fugiram.

A polícia vai abrir um inquérito para investigar o caso e tentar identificar os criminosos para descobrir se a morte foi mesmo encomendada e quem seria o mandante do crime. Uma das hipóteses é de que tenha sido uma vingança.

Segundo a polícia, o ex-prefeito Mardônio Diógenes teve envolvimento em várias mortes na região do Vale do Jaguaribe, na década de 1980 na disputa por terras e brigas políticas.

Mardônio Diógeres foi patrão de Ildefonso Maia da Cunha, o “Mainha”, considerado o maior pistoleiro do nordeste, que hoje cumpre pena em regime aberto.

(Portal Verdes Mares)

Anúncios