RIO – Às vésperas de ser sorteado o maior prêmio das loterias da Caixa, a concorrência é acirrada: só na terça-feira foram vendidos 13 mil bilhetes da Mega-Sena da Virada por minuto. O prêmio é de R$ 120 milhões. Se fizer uma aplicação na caderneta de poupança, o dono da bolada pode receber até R$ 600 mil por mês.

O prazo para apostas será encerrado às 14h (horário de Brasília) de quinta-feira, dia 31. A aposta simples custa R$ 2 e pode ser feita em qualquer casa lotérica do país.

Quem fizer mais pontos leva

Ao contrário do ano passado, quando o sorteio especial de fim de ano acumulou, neste ano, se não houver um apostador que acerte as seis dezenas, o prêmio será distribuído para quem fizer cinco acertos. Caso não haja um vencedor, ele sai para quem acertar quatro números e assim por diante.

A Caixa informa que o sorteio será feito com um globo novo. No sistema, as 60 bolas com os números caem no globo ao mesmo tempo. Todo o sistema, incluindo as bolas numeradas, foi aprovado pelo Inmetro.

O sorteio da Mega da Virada será às 20h de quinta-feira, na Estação da Luz, em São Paulo, com transmissão pela redes de televisão Globo, SBT, Record e Band. O apresentador do sorteio será o ator Luigi Baricelli.

Segundo o matemático Oswald de Souza, ha 80 % de chances de haver um ou mais ganhadores da Mega-Sena nesta quinta-feira. Se ninguém acertar as seis dezenas, o matemático afirma que haverá centenas de ganhadores com cinco números. Ainda dentro das estimativas, as chances de uma pessoa acertar as seis dezenas com uma aposta simples, de R$ 2, é de uma em 50 milhões.

(O Globo Online)

Anúncios