Um levantamento feito pelos escritores Francisco Miram Basílio e Francisco Leite Lucena revela que todos os prefeitos da cidade de Brejo Santo, a 500 quilômetros de Fortaleza, pertencem a mesma árvore genealógica. O estudo está registrado no livro

Foto de caráter ilustrativo

“História Política-Social Brejo-Santense”, lançado recentemente no Brejo Santo União Clube, conforme informa o Jornal Diário do Nordeste na edição desta segunda-feira (28).

A lista de prefeitos vai desde o primeiro intendente Lourenço Gomes da Silva, que foi indicado para chefia do Poder Executivo em 1890, até o atual, Guilherme Sampaio Landim, somando 36 gestores.

Segundo o deputado Wellington Landim, trata-se de uma tradição familiar fruto da união política e pacifista, implantada pelo primeiro chefe político da cidade, o coronel da Guarda Nacional, Basílio Gomes da Silva, que chegou a Brejo Santo, em 1846, vindo de Águas Belas (PE).

Entre as quase 500 páginas do livro estão também homenagens a duas figuras da cidade. São elas: o comerciante Carlos Martins de Morais, um líder empresarial católico que – de acordo com a publicação – contribuiu para o progresso da cidade, e a parteira Lourdes Marinheiro, que realizou cerca de 10 mil partos em Brejo Santo.

(Jangadeiro Online)

Anúncios