MACEIÓ- Uma mulher identificada como Joselita de Moraes, de 39 anos, morreu após engolir 60 pedras de crack, na madrugada deste sábado, dentro de sua residência, localizada na Rua Santa Rosa, bairro do Vergel do Lago, em Maceió, em Alagoas.

As primeiras informações apontam que Joselita teria ingerido a droga para que seu filho, o menor J.N.V.F, de 16 anos, não fosse preso por acusação de tráfico de drogas, durante uma vistoria policial que foi feita na residência da vítima. Ainda assim, os policiais da Radiopatrulha encontraram 47 pedras de crack e R$ 34 reais.

Joselita foi encaminhada ao Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu e acabou falecendo na unidade de saúde. J.N.V.F foi detido e encaminhado à Delegacia de Menor.

(O Globo)