foto: Wellington Macedo

Duas pessoas morreram no tombamento do ônibus da empresa Guanabara que fazia a rota Fortaleza-Teresina (PI), na tarde desta sexta-feira (18), no km 190 da BR-222, no município de Sobral, de acordo com o comunicado da empresa.

O ônibus da placa HYL 3460 saiu às 8h de Fortaleza com destino a Teresina. Uma pessoa morreu ainda no local e outro óbito confirmado pela Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Chegaram ao hospital do município 36 pessoas. Desses, sete em estado grave foram encaminhas ao centro cirúrgico, 16 feridos foram liberados, 12 estão em observação e uma pessoa morreu.

As primeiras informações, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), confirmavam três mortes. Logo após, números extraoficiais do hospital anotavam cinco óbitos.

À noite, por volta das 21h, a Polícia Rodoviária Federal informou, pelo twitter, que foram realmente dois mortos no tombamento do ônibus, um jovem de 28 anos e uma criança de cinco anos. Um total de 09 pessoas deram entrada na Santa Casa de Sobral com lesões graves e 26 com lesões leves.

Dois pneus estouraram possivelmente causando o acidente

Na foto o destaque dos 2 pneus que foram estourados

A perícia esteve no local fazendo levantamento técnico e os dois pneus traseiros (veja detalhe abaixo) do coletivo davam sinais de terem sido o principal motivo do acidente. Marcas no asfalto demonstravam a tentativa do motorista José Olivardo Morais de estabilizar o ônibus no asfalto. A PRF confirma que a provável causa está ligada aos pneus estourados.

Motorista está internado com escoriações

O motorista da empresa José Olivardo Morais está internado com ferimentos leves e algumas escoriações no hospital da Unimed, em Sobral.

De acordo com a PRF, o ônibus, que transportava 40 passageiros – 37 adultos e três crianças, capotou depois que um dos pneus estourou.

Comunicado da empresa

A Expresso Guanabara lamentou, por meio de um comunicado, o acidente ocorrido. A empresa afirma que “todas as medidas estão sendo tomadas para apuração das causas do acidente” e disponibiliza aos familiares das vítimas os telefones para prestação da assistência necessária: 0800-7281992 e 4005-1992.

(Portal Verdes Mares)