BRASÍLIA – Os senadores decidiram deixar para fevereiro a discussão do Estatuto da Igualdade Racial. O acordo foi fechado na véspera pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Demóstenes Torres (DEM-GO), que não estava presente na sessão nesta quarta-feira, e o autor do projeto, senador Paulo Paim ( PT-RS) .

Paim criticou que as mudanças feitas no texto aprovado originalmente no Senado e que depois sofreu alterações na Câmara . Ele quer retomar o texto original aprovado pelo Senado.

– Vamos conversar durante o mês de fevereiro em busca de um entendimento. Defenderei o projeto que o Senado aprovou por unanimidade – disse Paim.

O projeto de lei que tratava sobre a proibição do fumo em ambientes fechados também não foi votado. A CCJ volta a se reunir na quinta-feira, às 10h, mas é possível que a votação do projeto do fumo fique para o ano que vem.

(O Globo Online)

Anúncios