Hamburgo (Alemanha), 4 dez (EFE).- O presidente Luiz Inácio Lula da Silva escreveu hoje seu nome no livro de ouro de Hamburgo (norte da Alemanha), após participar de um seminário com empresários alemães na Prefeitura da cidade.

Lula ressaltou que as relações entre Brasil e Hamburgo sempre foram boas e lembrou que, em 1827, a cidade alemã assinou um tratado de comércio com o país sul-americano.

O ministro de Economia da cidade, Axel Gedaschko, disse que os brasileiros e os habitantes de Hamburgo concordam em dar grande importância às mesmas coisas: o futebol e o comércio.

Lula viajou de Berlim a Hamburgo em um trem de alta velocidade das Ferrovias Alemãs.

A empresa busca ficar responsável pela construção do trem de alta velocidade que deverá ligar São Paulo e Rio de Janeiro.

Lula fechou em Hamburgo sua visita oficial à Alemanha, onde na quinta-feira foi recebido com honras militares pelo presidente alemão, Horst Köhler, no Palácio de Bellevue.

O presidente brasileiro foi recebido depois pela chanceler alemã, Angela Merkel, com quem falou sobre as relações bilaterais e outras questões internacionais, mas especialmente sobre a cúpula do clima que começa na próxima semana, em Copenhague.
A assinatura de quatro acordos, o convite aos alemães para que aproveitem as oportunidades de investimento no Brasil e a reiteração das boas relações entre os dois países foram os destaques de sua estadia na Alemanha.

(Portal G1)

Anúncios