SÃO PAULO – A 28ª Vara Cível da Justiça paulista determinou nesta quinta-feira o despejo da Clínica de Andrologia de São Paulo, do médico Roger Abdelmassih, preso no último dia 17 de agosto acusado de esturpo contra suas pacientes. A clínica funciona na zona sul da capital paulista, na esquina da Avenida Brasil com a Rua Argentina. O motivo do despejo é a falta de pagamento do aluguel. Na decisão, a Justiça informa que o valor da causa é de R$ 888.000,00.

Os autores da ação são Jorge Zugaib, Maria Eurides Zugaib e MZ Agropastoril E Comércio Ltda, proprietários do imóvel. O processo deu entrada no Fórum Cível João Mendes no dia 12 de novembro pela advogada Maria Cecília da Silva Scuracchio. O juiz determinou que os réus sejam citados para apresentarem contestação.

O médico especialista em reprodução humana está preso na Penitenciária de Tremembé, no Vale do Paraíba, e é acusado de ter estuprado 56 pacientes que faziam tratamento com ele.

(O Globo)

Anúncios