A imprensa internacional destacou na noite desta terça-feira o apagão que afetou ao todo 12 Estados brasileiros, além de parte do Paraguai. A assessoria do Ministério de Minas e Energia afirmou na manhã desta quarta-feira que a região mais afetada é a Sudeste, onde todos os Estados –São Paulo, Rio, Minas e Espírito Santo– tiveram problemas, já no Sul do país, o blecaute atingiu os três Estados –Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

As regiões Nordeste e Centro-Oeste também foram afetadas, com registro de apagões nos Estados de Pernambuco, Bahia, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Veja abaixo a repercussão internacional sobre o apagão:

 

Wall Street Journal
Energia volta no Brasil após imenso blecaute

A energia voltou a São Paulo, Rio de Janeiro e outras partes do Brasil após um grave blecaute que atingiu ao menos cinco dos principais Estados e afetou cerca de 50 milhões de pessoas.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) informou em um comunicado no início desta quarta-feira que a energia está sendo restaurada em todas as regiões afetadas.

O ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, disse a jornalistas em Brasília que a usina hidrelétrica de Itaipu, cuja produção é partilhada pelo vizinho Paraguai, teve todas as suas máquinas desligadas. Ele culpou “problemas atmosféricos”, talvez uma forte tempestade, pelo blecaute.

A usina informou, em um comunicado, que não foi o ponto de origem do blecaute. “A hipótese mais provável é de que houve um incidente que afetou um ou mais pontos no sistema de transmissão”, diz a nota. O texto destaca que Furnas, responsável por transmitir energia de Itaipu para as regiões Sul e Sudeste do Brasil, foi afetada.

 

Financial Times
Cidades brasileiras ficam no escuro por falha de energia

Uma grande falha de energia deixou dezenas de milhões de pessoas nas duas maiores cidades do Brasil sem luz na noite desta terça-feira (10) devido a problemas com as linhas de transmissão que se conectam com a usina de Itaipu.

O blecaute afetou São Paulo e Rio de Janeiro, bem como cidades em ao menos quatro outras cidades, afetando a região industrializada no Sudeste do maior país da América Latina. O paraguai, que recebe a naior parte de sua energia da usina, ficou por alguns momentos, totalmente no escuro também.

A operadora da usina, a Itaipu Binacional, disse que as operações normais foram retomadas às 6h (em Brasília) de hoje.

O trânsito nas ruas de São Paulo ficou caótico pouco depois do apagão. Milhares de passageiros foram forçados a deixar as estações de metrô e caminhar pelos trilhos para voltarem às estações e sair à rua. Houve cenas semelhantes no Rio, famoso centro turístico por suas praias e pelo Carnaval que deve seiar a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016.

 

The New York Times
As duas maiores cidade do Brasil atingidas por blecautes

Um grande blecaute atingiu as duas maiores cidades do Brasil e outras partes do maior país da América Latina na noite desta terça-feira, deixando milhões de pessoas no escuro depois que uma enorme usina hidrelétrica de repente foi desligada.

O Paraguai também foi afetado quando a usina de Itaipu, na fronteira entre os dois países, deixou de produzir 17 mil megawatts de energia, causando falta de energia no Rio de Janeiro, São Paulo e, pelo menos, em várias outras grandes cidades brasileiras, disse o ministro de Minas e Energia Edison Lobão.

A causa da falha não foi determinada, mas Lobão disse que tempestades fortes derrubaram árvores perto da represa de Itaipu, pouco antes de ela desligar-se e poderia ser a causa. O Rio foi a cidade mais atingida, disse ele.

 

Javno (Croácia)
Colapso no Brasil: Rio e São Paulo no escuro

Um grande colapso no sistema de energia elétrica na terça-feira (10) deixou as maiores cidades do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo, no escuro por duas horas. Outras partes do Brasil e do vizinho Paraguai ficaram sem luz por 20 minutos depois que a usina de Itaipu deixou de operar.

Quando o sistema hidrelétrico de Itaipu interrompeu sua produção de 17 mil megawatts, a falha de energia afetou Rio de Janeiro, São Paulo e outras grandes cidades brasileiras, disse o ministro de Minas e Energia, Edson Lobão.

Segundo ele, o colapso no sistema e energia elétrica afetou nove Estados do Brasil, um país com 190 milhões de habitantes.

O Paraguai ficou totalmente sem eletricidade por 20 minutos.

A energia elétrica no Rio de Janeiro voltou nesta quarta-feira, por volta da meia noite e meia.

 

The Vancouver Sun (Canadá)
Blecaute deixa Brasil sob risco

Um blecaute jogou dezenas de milhares de pessoas nas duas maiores cidades do Brasil na escuridão, causando tumultos, medo de crimes e preocupações sobre o fornecimento de energia nesta quarta-feira para o recém-nomeado anfitrião da Olimpíada de 2016.

O apagão em boa parte do sul do Brasil começou às 22h15 (em Brasília) da terça-feira (10) e durou cerca de quatro horas. O vizinho Paraguai também sofreu um blecaute em todo seu território por 30 minutos.

A polícia em São Paulo e no Rio –recentemente nomeada para sediar a Olimpíada de 2016– temia uma onda de crimes e acidentes devido às falhas nos faróis.

Não houve relatos imediatos de distúrbios, mas redes locais de rádio e TV informaram que receberam muitos relatos de furtos (…) No Rio, as pessoas tentavam caminhar em ruas completamente às escuras com velas, isqueiros e celulares.

 

CNN

Falha em usina provoca enorme apagão no Brasil

Uma importante usina hidrelétrica compartilhada por Brasil e Paraguai falhou na terça-feira, deixando uma grande área do centro e do sul aos escuros, disse o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Por volta das 10h30, a usina de Itaipu desligou-se completamente, disse Lobão disse em entrevista a uma rádio.

A energia começou a voltar na terça à noite, e as autoridades esperavam uma restauração da energia ao longo da noite, disse Lobão.

Milhões de pessoas foram afetadas pelo blecaute em seis Estados brasileiros que incluem as cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo. A capital, Brasília, não foi afetada, informou a rede CNN em Espanhol.

Os vizinho Paraguai e Uruguai também relataram blecautes, disse Lobão.

 

El País
Um apagão deixa milhões de brasileiros sem luz

Um apagão deixou sem eletricidade milhões de pessoas no Brasil e no Paraguai

Uma falha na usina hidrelétrica de Itaipu deixou sem energia nesta noite milhões de pessoas em sete estados brasileiros e no vizinho Paraguai. A falha causou um blecaute nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, onde vivem mais de 30 milhões de pessoas, e, de acordo com a Administração Nacional de Eletricidade, deixou o Paraguai sem energia durante 30 minutos.

O apagão aconteceu pouco depois das dez horas da noite, hora local, e afetou várias cidades nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, os mais populosos do país.

O diretor da usina de Itaipu disse á imprensa local que a produção da central não foi afetada. A usina, localizada na fronteira entre os dois países, fornece 20% da energia consumida no Brasil e mais de 90% da utilizada no Paraguai.

 

Ghana Broadcasting Corporation
Falhas graves de energia atingem o Brasil

Um blecaute no Brasil deixou dezenas de milhões de pessoas sentadas à luz de velas, após jogar as duas maiores cidades do país na escuridão. Linhas de metrô, semáforos, iluminação pública, elevadores e portões elétricos em São Paulo e Rio de Janeiro foram todos atingidos.

Até o problema ser resolvido se passaram várias horas.

As autoridades acreditam que isso pode ter sido causado por uma falha na usina hidrelétrica de Itaipu.

Os sistemas de metrô no Rio de Janeiro e em São Paulo foram desativadas, depois que o apagão aconteceu logo depois das 22h (em Brasília), deixando muitos passageiros a pé.

Milhares de passageiros tiveram de caminhar pelos trilhos para chegar às estações.

(Folha Online)

Anúncios